Archive for: janeiro, 2016

DEPOIMENTO: Pontualidade e Compromisso com o meu Resultado

Em novembro/15 iniciamos um processo de Coaching com o meu amigo e Especialista em Vendas Online, Roberto Mariano (www.robertomariano.com).

Foi um processo revelador, já que na segunda sessão houve uma guinada de 180º no que tange sua atuação profissional e ele vem colhendo frutos em virtude desta transformação!

Foi maravilhoso!

Veja o que o Roberto disse sobre o processo de Coaching.

depoimento-roberto

Veja outros depoimentos em www.ramonbarbosa.com.br/depoimentos

Use o formulário abaixo para agendar a sua sessão experimental grátis!

Evento Saia da Zona de Conforto e Vença em 2016

No dia 23/01/2016 realizamos um Evento com 5 palestras para ajudar as pessoas a pensarem no que poderiam fazer para sair da zona de conforto e fazer um 2016 do jeito que elas quisessem!

O evento foi recheado de conteúdos maravilhosos onde eu falei sobre Coaching e Empreendedorismo, o André Renato na sequência falando sobre Coaching e Finanças, em seguida Ana Borges sobre Marketing, Adriana Mktd sobre Mídias Sociais e o Fábio Felippe, fechando com chave de ouro, falando sobre Motivação!

O evento foi extraordinário – tiveram brindes diversos, como processo de coaching grátis, consultorias, filmes, livros!  Ah.. sem falar no coquetel maravilhoso! rs

Ficamos muito felizes com a presença de todos os amigos que participaram com muita interação! Tivemos pessoas que vieram de vários lugares, inclusive de outros estados do Brasil, com Rio Grande do Sul, Pará, São Paulo, etc. O networking foi riquíssimo!

Agradecemos a presença de todos e que possam colocar em prática tudo o que aprenderam e fazerem do ano de 2016 um ano vencedor!

Confiram algumas fotos do evento e outras na minha fanpage.

ATUALIZAÇÃO:

Um dos convidados do nosso evento, meu amigo Designer Vitor Calil do Unreal Channel, ficou tão grato pela oportunidade de estar no nosso evento, que preparou um vídeo, super produzido, em sinal de gratidão! Muito obrigado, meu amigo! Você seu trabalho é excepcional!

DSC_0062

FB_IMG_1453646561786-3

DSC_0052

FB_IMG_1453646568477-2

FB_IMG_1453646576163-2

Grande Abraço,

Ramon Barbosa
Coach

Significado é o que você Pensa

O que eu vou te propor agora é uma reflexão sobre a sua vida. Sim, do seu passado lembrado até o momento atual.

Você pode perguntar: “Ramon, você é coach, foca no presente e no futuro, não importa o passado”. Você está certo em partes. O passado trás um peso mais ou menos grande na vida presente de um sujeito e às vezes esse passado pode assombrar a vida presente, impedindo o foco no futuro.

Antes de resgatar o seu passado, eu quero te apresentar uma teoria, uma definição, sobre significado do ponto de vista da Programação Neurolinguística (PNL). Preparado?

Cada um de nós tem um modelo de mundo. Isso faz com que pessoas diferentes pensem sobre um mesmo objeto de formas diferentes. Podemos ver uma mesma cena e termos pensamentos, sentimentos e (re)ações diferentes, isso porque, cada um de nós trazemos nossas crenças, valores, meta-programas, linguagem, etc.

Se isso fizer sentido pra você, o próximo passo é se perguntar: qual das duas pessoas está certa sobre o significado de um determinado objeto? A resposta é: nenhuma e ambas. Do ponto de vista mais amplo, nenhuma delas é detentora da verdade, logo, não se pode pegar o significado atribuído de uma e querer que todos assumam também como verdade. Por outro lado, podemos dizer que ambas estão certas, porque cada uma, dentro do seu modelo de mundo, possui suas próprias verdades, então, seu significado é verdade para si mesma.

Entendido este conceito, eu quero que te propor a uma imagem mental. Você está no seu carro, com sua família. Vem um sujeito armado, pede pra você parar. Você estaciona o carro, com os nervos à flor-da-pele. O sujeito pede a chave do carro. Você dá. O sujeito pega o carro e vai embora.

Qual é o significado que você dá para essa cena?

O significado que você dá, vai te trazer uma série de pensamentos, que farão você sentir algo em relação aos pensamentos e consequentemente, vai te motivar a uma ação no meio. Se o seu significado foi negativo, certamente a tríade pensamento-sentimento-comportamento, serão negativos e não irão te fazer bem!

A única constante aqui é o evento que ocorreu – o roubo do carro. O evento você não pode mudar. Mas o que você pensa em relação ao evento, o significado que você dá a ele, você tem total controle e domínio. Você pode pensar, por exemplo, que sua família está toda a salvo e que os bens materiais podem ser recuperados. Você pode pensar também que isso foi uma provação para que você busque mais sua espiritualidade. Outra possibilidade é que com esse evento você poderá reforçar os laços com sua família. Ou ainda, você pode pensar que já estava na hora mesmo de comprar um carro novo. 😉

Perceba que, o evento em si não tem um significado. O significado você é quem dá. E cada pessoa dará o significado de acordo com o seu próprio modelo de mundo.

***

Agora, eu quero que você recobre os eventos do seu passado. Especialmente aqueles que te trazem alguma dor ou um sentimento ruim. Para cada evento que você vê, eu quero que você /ouve/sente encontre um significado positivo para cada um deles. Vai lá, com certeza tem algo positivo!

O nome dessa técnica na PNL é re-significação. Com essa abordagem, você dá um novo significado para o seu passado, você aprende a lidar melhor com ele. Não fica preso nas questões ruins e, através da mesma técnica, poderá te dar força para superar os desafios que se apresentam no presente, dando combustível para continuar sua busca. Lembre-se: você é dono dos seus pensamentos!

Esta é uma das técnicas que eu utilizo dentro de um processo de Coaching com os meus clientes.

***

Consegue perceber o poder que o Coaching tem? Entre em contato comigo! Eu vou preparar um processo de Coaching totalmente personalizado para você atingir os seus objetivos!

Gostou? Compartilhe este artigo com alguém que possa estar precisando dele. Você estará dando uma ajuda enorme, você nem imagina!

Grande Abraço,

Ramon Barbosa
Coach

 

DEPOIMENTO: Sou outra Pessoa Depois do Coaching

Em dezembro/15 iniciamos um processo de Coaching com a minha amiga, Consultora de Bem Estar (www.oquetefazbem.com.br), Nahdyj Rocha. Foram 2 meses de processo muito intensos, uma verdadeira viagem! Foi enriquecedor não só para a Nahdyj, mas também para mim, como sempre é.

Vejam o depoimento dela!

depoimento-nahdyj

Veja outros depoimentos em: www.ramonbarbosa.com.br/depoimentos

Use o formulário abaixo para agendar a sua sessão experimental grátis!

Você Acredita em Sorte?

Sem a intenção de entrar no campo de estudo do esoterismo ou assuntos ligados à metafísica, venho aqui propor uma reflexão sobre o que de fato seria a sorte.

Não é incomum observarmos pessoas que avaliam outras que alcançaram sucesso, seja na vida familiar, financeira, esportiva e/ou profissional, como pessoas de sorte. Assim, sem conferir o devido esforço que a pessoa de sucesso despendeu para chegar na posição que se encontra, como se fosse o artífice do sucesso o mero acaso.

A sorte, no senso comum, é algo que acontece sem que tenhamos qualquer ingerência sobre o fato. A inferência que se dá por consequência é que se temos sorte, não precisamos ser diligentes. Outro raciocínio que pode ser concluído é que, não importa o que eu faça, se eu não tiver sorte, não alcançarei o que almejo.

Não é preciso dizer que este raciocínio é um tanto quanto infantil e tê-lo como crença ou artigo de fé, pode trazer consequências devastadoras e irreversíveis para a vida do indivíduo que nele crê.

Vejo duas consequências negativas desta crença popular. A primeira é que o indivíduo não se sente responsável pelo próprio destino. A segunda é que se desenvolve a manutenção da zona de conforto, onde haverá sempre algo (ou alguém) que me tirará desta condição, sem que eu tenha que me esforçar para tal.

Por outro lado, há uma outra forma de entender a sorte. Podemos encará-la como uma “força extra do universo” quando agimos dedicados e focados em prol de um objetivo. Não tenho a intenção de teorizar sobre o assunto, já existem fontes demais que o fazem na internet, basta procurar. O fato é que, quando nós nos dedicamos, assumimos o controle e a responsabilidade da nossa vida, acreditando que somos os principais responsáveis pelo nosso destino, sempre ocorrem “coincidências” que nos ajudam a chegar onde desejamos.

Então, se é para acreditar em sorte, naturalmente é preferível acreditar à luz da segunda definição. Nós precisamos trabalhar inteligentemente, focados, dedicados, planejados para chegar onde desejamos e o resto, acontecerá.

Só sei que quanto mais eu treino, mais sorte eu tenho.

(Tiger Woods)

Viva o Presente

original

Uma das grandes habilidades das pessoas mais equilibradas, que conseguem mais resultados e têm uma vida mais próspera, é a de viver no presente.

Esta habilidade portanto, pode ser aprendida, a partir do momento que trazemos ao consciente o quão pernicioso para nossa saúde mental (e física) é vivermos em algum dos extremos temporais – o passado e o futuro.

Viver no passado pode trazer dois sentimentos. O primeiro deles é a nostalgia ou saudade. É aquele sentimento que temos quando lembramos algo de muito bom que aconteceu. Ficamos entorpecidos nas boas sensações. O outro sentimento possível é a culpa. Essa não precisa falar muito né? Apesar de ser ruim, é algo que quando se pega, é igual carrapato! Fica e não vai embora tão fácil.

O problema de viver tanto na nostalgia quanto na culpa é que você esquece do presente. Você deixa de olhar para o agora e para o futuro. Terá dificuldades em resolver os desafios mais imediatos e fazer um planejamento para o seu futuro. Portanto, o passado deve nos servir como uma caixa de experiências, que nós recorremos a ela quando precisamos de informações que nos possam ser úteis no presente.

Falando do futuro, há também dois sentimentos possíveis. O primeiro a saber é a esperança. Essa esperança se dá quando você vislumbra algo que quer que aconteça e espera por ela. Espera que ela aconteça. O outro sentimento possível é a ansiedade. Sabendo-se que o futuro é uma incógnita, podemos nos preocupar demais e gerar uma ansiedade pelo que há de vir, podendo inclusive afetar nossa saúde física.

A sabedoria por trás dessa filosofia do Agora, é você saber equilibrar. É não viver nem em um extremo e nem no outro. É saber dosar o passado e o futuro, mas colocar uma proporção de presente muito maior na sua vida. Quanto mais no presente, melhor sua atenção, sua concentração e o seu foco, elementos fundamentais para se atingir os resultados e aumentar significativamente a sua performance.

Agora me diz, o quanto você tem vivido no presente?

Abraços,

Ramon Barbosa
Coach

O impossível é só questão de opinião

1418751311334568

Sempre falo bastante sobre os modelos mentais, tanto para os meus coachees quanto nas mini-palestras que faço diariamente no Periscope (Me segue? @ramonbarbosa1). Os modelos mentais são 50% de todo o caminho rumo a qualquer objetivo. Você pode ter todas as competências, habilidades e comportamentos necessários para chegar lá, se sua mente não estiver realmente convencida de que aquilo é o melhor pra você, você não irá chegar.

O que ocorre é que existem alguns objetivos que podem ser mais desafiadores do que outros e talvez seu objetivo seja bastante desafiador. E eu vou te perguntar uma coisinha: – você ouve pessoas dizendo que isso é impossível?

Não é incomum pessoas que tem um modelo mental totalmente diferente do seu colocarem areia na sua empada. Fazerem de você um louco, ou um lunático que está buscando algo que é impossível (na visão delas). Não se desanime!

Pra quem tem pensamento forte, o impossível é só questão de opinião.
(Chorão)

Esteja convicto de que você querendo, você irá realizar! Especialmente se o que você almeja, alguém já tenha feito. Não aceite as desculpas que as pessoas querem que você assuma para desistir do seu objetivo. Não desista! Continue! Tenha um pensamento forte, lute, batalhe e você chegará lá!

Hoje eles te criticam, amanhã tentarão te copiar.

Grande Abraço,

Ramon Barbosa

Aposte no Networking para Voltar ao Mercado de Trabalho

business-networking

O ano de 2015 foi marcante para uma boa parte da população brasileira. Com as crises política e econômica estabelecidas, as empresas se sentiram obrigadas a se adaptarem ao novo cenário, levando milhões de pessoas à situação de desemprego.

Se você está nessa situação, não se desespere. Você vai conseguir se recolocar! Estabeleça um modelo de pensamento que irá te ajudar, pense por exemplo que a crise é temporária e terá um fim, assim como as diversas outras que o Brasil e outros países já passaram, também um fim.

Estabelecido um modelo mental que te possibilite seguir em frente, uma das formas mais poderosas para voltar ao mercado de trabalho é o que muita gente fala, mas pouca gente faz: networking. Conheça alguns passos importantes para fazer um bom networking.

Tenha um objetivo claro e realista sobre o que você espera

“Se você não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve” (Lewis Carroll)

Seja claro com você mesmo, diga para você que tipo de empresa você quer trabalhar, o que você quer fazer e em quanto tempo você espera estar recolocado. É importante que você seja realista para não se frustrar.

Atualize-se

Atualize as suas redes sociais, especialmente o LinkedIn, e o seu currículo. Faça-o sempre com o olhar de quem vai te contratar. Aproveite este momento para também atualizar seus conhecimentos!

Invista no seu marketing pessoal

Talvez você já esteja cansado de ouvir isso, entretanto, marketing pessoal é algo que muita gente fala e pouca gente pratica. Invista na sua aparência, esteja sempre bem apresentável e tenha seu discurso treinado e alinhado para “se vender”, principalmente quando for chamado para um processo seletivo.

Recorra aos seus Contatos

Vá até a sua lista de contatos, encontre aqueles amigos que poderão te ajudar a se recolocar no mercado. Comunique a sua situação e o seu objetivo, peça ajuda. Agende um almoço, um café ou um bate-papo. O importante aqui é relacionamento!

Mas atenção, se você não tem qualquer tipo de relacionamento com o seu contato profissional, cuidado para não parecer interesseiro. Aproveite esse momento e crie um relacionamento que transcenda a sua procura pelo emprego, mesmo que este contato não possa te ajudar neste momento.

Amplie a sua rede

Ampliar a rede é fundamental. Participe de grupos, principalmente presenciais. Esteja em palestras e eventos. Você pode participar de vários eventos gratuitamente ou que cobram um valor simbólico.

***

Lembre-se que networking é relacionamento! Relacione-se com as pessoas, mesmo que não esteja em situação de desemprego. 😉

Boa sorte e Feliz 2016!

Precisa de ajuda? Entre em contato, que terei o maior prazer em ajudar você.

Finanças Pessoais – Parte III

Agora que você já fez um raio-x do seu orçamento, já montou a sua reserva, vou mostrar como você poderá estabelecer uma calibragem do seu orçamento de modo que você consiga equilibrar sua vida de maneira geral sem traumas! Se você não leu os artigos anteriores, é super recomendável que você leia. Clique aqui, depois aqui.

Eu já testei várias fórmulas de calibragem orçamentária, a que eu trago aqui é a que melhor funciona pra mim. Não que as outras sejam ruins, mas essa te dá metas a serem alcançadas, e uma certa flexibilidade, o que pode ser importante para a maioria das pessoas.

O método consiste no seguinte:

Considere sua receita de R$10.000,00. Abaixo existem os percentuais de como a receita deve ser distribuída.

50~60% Despesas (aluguel, compras, etc.) – Aqui é toda a despesa da sua casa. Aquelas que você tem que cumprir. Se suas despesas estão ultrapassando o limite, busque rever suas despesas e diminuí-las. Recém-casados ou pais recentes, normalmente superam os percentuais, mas é uma condição temporária; (de R$ 5.000 a R$ 6.000)

15~20% Investimento – Esse é o segredo do sucesso (iremos falar sobre investimentos num próximo artigo); (de R$ 1.500 a R$ 2.000)

05~10% Vida Social – Aqui é o dinheiro que você gastará para se divertir. Não extrapole esse percentual, hein! 🙂 (de R$ 500 a R$ 1.000)

05~10% Caridade – É o dinheiro que você usará para retribuir ao mundo aquilo que você recebe. Experimente! (de R$ 500 a R$ 1.000)

05~10% Educação Investimento na sua educação e autodesenvolvimento (como fazer Coaching) (de R$ 500 a R$ 1.000)

05~10% Viagens – Aqui será um fundo dedicado para viagens. Procure viajar 1 vez ao ano.  (de R$ 500 a R$ 1.000)

Dica do Coach: Quando você pensar em cortar custos, procure cortar Vida Social, Caridade e Viagens. Os outros, procure manter intactos.

Precisa de ajuda para lidar com as suas finanças pessoais? Use o formulário abaixo para agendar a sua sessão de Coaching Experimental Grátis!

Abraços,

Ramon Barbosa
Coach de Empreendedores
www.ramonbarbosa.com.br

000webhost logo